Mais Poesia

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Reflexiva

Eu tô de boca fechada
Com a alma selada
Pra qualquer um 
Que queira entrar em vão

Fiquei sentada na estrada
Esperando ansiosa
Por uma mudança valiosa
No silêncio, sem nenhum sermão

Entre os lados que existem
Eu fico com o lado positivo
Esse não tem erro
Qualquer outro lado tem meu desprezo

Se bem que...dar uns tropeços faz bem
Se não fossem eles
Eu não chegaria no tom
Desafinaria sempre
E não iria além

Mas hoje tô tão reflexiva
Que penso: aprender pelo amor ou pela dor?
Depende. Me entenda.
Tem gente que aprende com exemplos
E não chegou nem a virar lenda

Aline Madruga



Nenhum comentário: