Mais Poesia

sexta-feira, 10 de março de 2017

Mar Absurdo

Eita mar absurdo
Que brilha com a lua no escuro
Que esconde mistérios
Em seus lugares mais profundos
Que emana uma força gigante
Com suas ondas vindas do horizonte
Ele provoca medos
E impõe respeito
Mas também ouve apelos
Com um lance sobrenatural
E uma energia sem igual
Oh mar, oh mar
Que vem de mansinho ou com tudo
Com cheiros e cores
Nos chamando para um luau
Sua música acalma
Seu ritmo embala
Num vai e vem
Como querer bem

Aline Madruga

Nenhum comentário: