Mais Poesia

sábado, 25 de março de 2017

Essência Que Fica

Ela perdeu tudo, menos a sua essência
Não havia mais poeira debaixo dos tapetes
Dentro dos seus livros foram sumindo os lembretes
Já não se importava mais com o que era raso
Pra certas coisas ela escolheu o descaso
Tão poética e sem pressa 
Com o riso da criança ela se interessa
Se desprendeu de alguns vícios
Para alguns, virou sumiço
Viver sem pensar demais
"Esse é o segredo" - estava escrito em um belo cartaz
Se tropeçar, desanda
Mas no fim, é ela quem ganha
Com bons pensamentos, viveu bons momentos
Viveu poesia
E tudo aquilo que ela queria

Aline Madruga

terça-feira, 21 de março de 2017

Para Tia Magali

Me bateu uma saudade de você
Não queria esperar amanhã pra te dizer
Me perdoe se não fui boa o suficiente
Se por algum motivo te deixei descontente
Às vezes, não temos a oportunidade
De falar nem a metade
Não conseguimos deixar evidente
O quanto alguém é importante pra gente
Que você saiba que é amada
Muito querida e sempre lembrada
Foi muito bom te falar dessa emoção
Que carrego aqui dentro, no meu coração



Aline Madruga

sexta-feira, 10 de março de 2017

Mar Absurdo

Eita mar absurdo
Que brilha com a lua no escuro
Que esconde mistérios
Em seus lugares mais profundos
Que emana uma força gigante
Com suas ondas vindas do horizonte
Ele provoca medos
E impõe respeito
Mas também ouve apelos
Com um lance sobrenatural
E uma energia sem igual
Oh mar, oh mar
Que vem de mansinho ou com tudo
Com cheiros e cores
Nos chamando para um luau
Sua música acalma
Seu ritmo embala
Num vai e vem
Como querer bem

Aline Madruga