Mais Poesia

sábado, 14 de janeiro de 2017

O Que Ela Sente

Acho que entendo o que ela sente
Por causa de tantos olhares de lado
Tanto julgamento errado
Tantos argumentos pesados
Ela ficou com seu peito sufocado
Ela se cansou de se sentir assim
E revelou um outro lado, enfim...
Parou de se esconder
E se sentiu livre para viver
Sem se importar com mais ninguém
Pois só ela sabe o que passou 
E quase ninguém se importou
A compreensiva e apreensiva
Ficou lasciva e destemida
E é muito mais feliz
Não leva mais desaforo para casa
Não se faz mais de surda
E acredite, respeitam mais ela agora
Assim, maquiavélica
Do que quando ela agia como uma delicada donzela

Aline Madruga

Nenhum comentário: