Mais Poesia

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Abstraiu e Se Iludiu

E ao abstrair
Não sabia que em algum outro canto
Algo se enchia em pranto
Por que tanto?

Foi questão de tempo
Pra virar novamente tormento
Por dentro estava cheio
E nem estava sabendo

A ilusão se desfez
E fez aparecer tudo outra vez
O intocável
Se tornou notável

O mundo te cobra 
Te pede melhoria
Enquanto todo o resto 
Continua sem sabedoria

A paciência virou imprudência
O sentimento ficou em evidência
A sensação de invisibilidade
Tão coerente que invade

O bonzinho se ferra
A gentileza atrai esperteza
O bom grado atrai o acomodado
O altruísta quer se tornar egoísta

Pensa que talvez tudo
Tenha sido em vão
Percorreu tanto chão
E se perdeu na multidão

Aline Madruga









Nenhum comentário: