Mais Poesia

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Jantar

Hoje eu vou jantar com meu amor
Não é na Lapa e nem no Arpoador
É na varanda de casa, à luz do luar
Sem hora, sem reservas
Sem me preocupar com nada
Nem com a roupa que vou usar
Vamos conversar até tarde
Vai ter música e beijos a vontade
E de sobremesa algo mais vai rolar
Nós vamos rir de besteiras
Deixar a sujeira na mesa
E sair sem pagar
Da varanda direto pro quarto
E amanhã podemos almoçar


Aline Madruga

Nenhum comentário: