Mais Poesia

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Dia das Bruxas

Definiram a bruxa
De forma injusta
Não existe só bruxa ruim
Como em histórias de livros e afins
Existe a bruxa boa
Que de todos se destoa
E ela é encantadora
Usa a natureza com esperteza
Faz encantos com proeza
Que lhe parecem tão simples
Não se gaba com a colheita
Muito menos faz desfeita
Ela é cheia de mistérios
Um sorriso quase sério
Que diz mais do que mil palavras
Tão raras e sensatas
Ela sabe de tudo um pouco
E muito, do pouco que já basta

Aline Madruga

Nenhum comentário: