Mais Poesia

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Ela é tão linda...

A vaidade fez ela se perder na ingenuidade
Nunca era o suficiente
Desde a dieta da moda
Até o clareamento dos dentes
Muito bonita por natureza
Mas nada tirava sua tristeza
Sua ânsia pela beleza
Era um salto de tirolesa
Até que ela encontrou alguém
Que a tratou melhor do que ninguém
E a fez se sentir tão bem
Que tirou sua dor
Ela parou de procurar tanto
Por receitas de beleza no computador
E passou a escrever cartas de amor
Nunca a vi tão linda...

Aline Madruga


Nenhum comentário: