Mais Poesia

quarta-feira, 20 de abril de 2016

O Canto

Meu canto
É em cada canto
Que eu ouvir o seu canto

Mesmo que no canto tenha poeira
Eu vou encarar como besteira
Como coisa passageira

Qualquer cantinho com você
Faz meu sorriso aparecer
Por isso eu canto, canto e canto

Até amanhã e depois
Seremos sempre nós dois
E mais dois
E quantos outros quiserem chegar

Nosso canto cabe mais
Que os quatro cantos do mundo
Que o canto mais profundo
Eu te amo lá do fundo

Aline Madruga




Nenhum comentário: