Mais Poesia

sábado, 9 de abril de 2016

Meus Pais

Eles me ensinaram o que é o amor
Desde as minhas primeiras horas de vida
Desde quando eu estava na barriga
Muito tempo antes de eu existir

Me ensinaram a amar
Da melhor forma possível
Esse amor incrível
Que só um pai e uma mãe podem dar

Um amor leal
Sempre me protegendo de todo mal
Um amor que não tem igual
Que levanta qualquer astral

Amor reconfortante
Limpo, claro e certo
Sempre com o coração aberto
O peito sempre cheio de afeto

Posso passar horas agradecendo
E ainda assim vou ficar devendo
Todo cuidado que tiveram comigo
E ainda tem...amo admitir

Sou filhinha de papai
Filhinha de mamãe
O maior orgulho dizer isso
Num poema
Quase cantado
Que ocupa o maior espaço
No meu coração

Aline Madruga



Nenhum comentário: