Mais Poesia

quinta-feira, 14 de abril de 2016

A Minha Fé

Eu não tenho medo do desconhecido
Eu tenho medo de viver igual
Ao que todo mundo já viveu
A mesmice normal

A comparação é a pior maneira
De achar a solução
Porque no final
Vou ouvir meu coração

Não cabe a mim
Não cabe a você
Certas coisas
Só Deus vai saber

Não importa se você sentiu
Ou viveu algo
Cada pessoa tem seu próprio jeito de andar
De sentir, de olhar
Melhor não julgar

Quem julga, julga mal
E desconfio que haja pouca fé
Porque o que for bom pra mim
Vai dar pé

E vou alcançar
E todas as dificuldades vou superar
A Deus vou agradecer
Por mais uma vez me proteger

Aline Madruga


Nenhum comentário: