Mais Poesia

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Para Minha Irmã

Essa nossa semelhança
Todo mundo vê
Eu sinto
Tá comigo
Tá embutido

Nossos laços foram traçados
Muito antes da maternidade
Pra toda eternidade
A nossa verdade

Desde criança
É forte a lembrança
É como se eu estivesse só comigo mesma
E ao mesmo tempo com alguém
Você me faz bem

Você sente, eu sinto
Você olha, eu vejo
Você pensa, eu digo
De você, nunca me desligo

É mais que uma irmã
É mais que genética
É coisa de outras vidas
Há muito tempo, amigas!


Aline Madruga


Nenhum comentário: